Ainda Tantos Abismos!?

Há muitas décadas – quase quatro – convivo nas diversas “ambiências” espíritas. Neste tempo todo, tive a oportunidade de conhecer (quase) todos os “guetos” espíritas – o termo não é pejorativo, mas apenas simboliza a distância (provocada e real) entre os segmentos que se utilizam da Filosofia Espírita como referência conceitual. Cada qual possui a Leia mais… »

Ele Precisa Renascer?! – Aniversário de Kardec

No três de outubro, nosso olhar novamente a ele se volta, com relativo saudosismo. Ele é como aquele amigo, com quem tanto tempo convivemos e que deixa suas marcas em nós, quando se vai. Tudo o que fazemos, aquilo que visualizamos, cada letra, cada página, está associado à personalidade ímpar do homem que empreendeu hercúleo Leia mais… »

De Que é Feita a Vida, Segundo os Espíritas?

De que é feita a vida, segundo os espíritas? Você vive. Está encarnado. Seu corpo é material e, portanto, você deixou de habitar, provisoriamente o Plano Espiritual – que os Espíritos Superiores costumam chamar de “Erraticidade”, ou seja, o lugar dos espíritos errantes (nós), enquanto estivermos nos quadrantes dos níveis evolutivos em que nos encontramos. Segundo Leia mais… »

Espiritismo e Mediunidade

De maneira geral, as pessoas são levadas a considerar como sinônimos Espiritismo e Mediunidade. Afinal de contas, desde que Kardec criou a Doutrina dos Espíritos, com a publicação da sua primeira obra, “O livro dos espíritos”, foi por meio da fenomenologia mediúnica que se estabeleceu a teoria espírita. É o Espiritismo que nos diz que Leia mais… »

Mais Que um Sorriso…

Dias antes eu havia telefonado a eles. A encomenda havia chegado. Meu amigo distante havia me avisado que estavam a caminho, e eu, ao receber o pacote, tratei de combinar com D. Carmem para a entrega. E o dia chegou! Aprontei-me com entusiasmo e, em mim, não cabiam os sorrisos. Poderia ser mais uma visita, Leia mais… »

Que seja Segundo o Espiritismo

Em Defesa do Espiritismo Houve um tempo em que se conheceu um homem cuja motivação era a defesa incondicional dos postulados espíritas. Considerando que ele veio a conhecer a Doutrina dos Espíritos na fase de mocidade, foram em torno de quarenta anos, até o desencarne, de atuação firme, segura e inspirada, na divulgação das obras Leia mais… »

O Trinta de Junho e a Crítica da Obra Xavieriana

Se Allan Kardec tivesse sido contemporâneo de Francisco Cândido Xavier, que cenário e que panorama teriam sido, por ele, destacados? Qual a Visão que o Bom Senso Reencarnado Teria do Homem-Amor? É fato que Kardec, a seu tempo, adotou e assumiu um papel que, embora não tivesse qualquer característica de censura e classificação tanto em Leia mais… »

Impressões sobre o Lançamento de “A Gênese” – Obra Original

  Impressões sobre o Lançamento de “A Gênese” – Obra Original FEAL – Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz Em dezembro de 2017 ouvi os primeiros rumores sobre o trabalho de Simoni Privato, divulgado dois meses antes no 4º Congresso Espírita Sul-Americano em Bogotá. Ainda não havia tradução para o português e alguns poucos Leia mais… »

A Gênese – Resenha da Tradução da 1ª Edição Francesa

A Gênese. Os milagres e as predições segundo o espiritismo; Autor: Allan Kardec; Tradução: da 1ª edição, de janeiro de 1868; Tradutor: Carlos de Brito Imbassahy; Equipe da Editora: edição e notas, revisão da tradução, revisão final, produção editorial, capa e projeto gráfico; Páginas: 413. Editora: Fundação Espírita André Luiz; Local: São Paulo; Data: maio Leia mais… »

Você é um Espírita-Raiz?

Você é um Espírita-Raiz? A juventude é uma fase maravilhosa da nossa existência física. O vigor desta etapa permite um dinamismo incrível, capaz de produzir muita coisa boa, útil e importante para as transformações sociais. O jovem é responsável por muitas mudanças de paradigmas, em vários dos campos dos relacionamentos humano-sociais. Um desses exemplos da Leia mais… »