Religiosidade e Espiritismo: Consciência Livre.

Segundo o Espiritismo “Segundo o Espiritismo, o Evangelho não deve ser considerado mero tratado de fé, porque deve ser acima de tudo um motivo permanente de ação regeneradora. Interpretá-lo ao pé da letra é obscurecer-lhe o espirito, e é este que vivifica, como já diz a própria sabedoria evangélica. Mister se faz que haja uma Leia mais… »