Convivência

Os Quatro Atores da Convivência Grupal (virtual ou presencial) Vivemos, definitivamente, tempos difíceis. Insatisfações, protestos, desabafos, intransigências, personalismos, deseducação e ausência de mínimos padrões de ética e elegância nos relacionamentos interpessoais. Se, no campo presencial, as pessoas têm embates que vão às vias de fato e importam em agressões verbais, psicológicas e até físicas, as Leia mais… »

Qual GÊNESE é de Kardec?

Qual GÊNESE é de Kardec? A discussão acerca da autenticidade e da autoria do último livro (completo, fundamental) assinado por Allan Kardec, não é nova. Nem na França, nem no Brasil. Sabidamente, o Professor Rivail (Allan Kardec) desencarnou em 31 de março de 1869, de forma abrupta, com o rompimento de um aneurisma. Deixou a Leia mais… »

Retrovisor e Parabrisa

(4 minutos – Rafael Martins) Na medicina, metade do que se sabe deixa de ser válido a cada 45 anos em média. Na Física, são precisos pouco mais de 13 anos. Economia, Matemática e Psicologia veem metade do conhecimento ficar obsoleto em menos de uma década.[1] Será o que o Espiritismo poderia repousar no tempo Leia mais… »

Auto de Fé em Barcelona – 1861

Na Revista Espírita Novembro de 1861 Allan Kardec, no artigo “Os restos da Idade Média”, relatava a destruição de livros espíritas em praça pública promovida pela Igreja espanhola, com apoio do governo, na cidade de Barcelona. No dia 09 de Outubro de 1861, numa época em que a ideia de um estado laico ainda era Leia mais… »

Religiosidade e Espiritismo: Consciência Livre.

Segundo o Espiritismo “Segundo o Espiritismo, o Evangelho não deve ser considerado mero tratado de fé, porque deve ser acima de tudo um motivo permanente de ação regeneradora. Interpretá-lo ao pé da letra é obscurecer-lhe o espirito, e é este que vivifica, como já diz a própria sabedoria evangélica. Mister se faz que haja uma Leia mais… »

Escândalos: silêncio ou ampla exposição pública?

Muito lúcido o texto do Marco Milani, a respeito deste “temporal” que se visualizar, nos últimos dias, a respeito da mediunidade. Disse muito do que eu venho dizendo. Escreveu aquilo que eu também escreveria! Parabéns! Escândalos: silêncio ou ampla exposição pública? Escândalos: silêncio ou ampla exposição pública? Após a recente denúncia midiática feita por Pedro Bial Leia mais… »

Ainda Tantos Abismos!?

Há muitas décadas – quase quatro – convivo nas diversas “ambiências” espíritas. Neste tempo todo, tive a oportunidade de conhecer (quase) todos os “guetos” espíritas – o termo não é pejorativo, mas apenas simboliza a distância (provocada e real) entre os segmentos que se utilizam da Filosofia Espírita como referência conceitual. Cada qual possui a Leia mais… »

Espiritismo e Mediunidade

De maneira geral, as pessoas são levadas a considerar como sinônimos Espiritismo e Mediunidade. Afinal de contas, desde que Kardec criou a Doutrina dos Espíritos, com a publicação da sua primeira obra, “O livro dos espíritos”, foi por meio da fenomenologia mediúnica que se estabeleceu a teoria espírita. É o Espiritismo que nos diz que Leia mais… »

Farsa ou Verdade no Espiritismo

Mais um alerta Em mídia pública, não-cooptada, não-proselitista, não-alinhada, sobre os “desmandos” e os “absurdos” desta seita cristã que se adonou da Filosofia Espírita em terras “do Cruzeiro”. Fundamental termos espaços, abertos, como o nosso, para a divulgação destes materiais e a ciência, por parte de todos, da posição crítica e coerente em relação às Leia mais… »

Que seja Segundo o Espiritismo

Em Defesa do Espiritismo Houve um tempo em que se conheceu um homem cuja motivação era a defesa incondicional dos postulados espíritas. Considerando que ele veio a conhecer a Doutrina dos Espíritos na fase de mocidade, foram em torno de quarenta anos, até o desencarne, de atuação firme, segura e inspirada, na divulgação das obras Leia mais… »